sábado, 17 de setembro de 2011

Voluntariado na Cultura

Em Maio, fui a um Simpósio na Portucalense sobre Cultura e Património ( o nome não era bem este, mas não me lembro como era). Uma das comunicações foi feita pela representante portuguesa do Ano Europeu do Voluntariado, onde falava da importância do mesmo. A Directora da Direcção Regional de Cultura do Norte aproveitou o mote e disse que era muito importante haver um forte voluntariado na área cultural. Até aqui tudo muito bem, concordo.

Como já disse anteriormente, costumava fazer voluntariado nas Festas de Serralves. Ainda no ano passado, na Festa do Outono, estive desde as 10h até às 19h a fazer inquéritos aos visitantes. Pequena pausa para almoçar às 14h. Já fiz voluntariado noutras situações e, de facto, divirto-me e aprendo bastante, porque consigo ter uma noção de como são as coisas "do outro lado".

Há cerca de uma semana e meia atrás, recebi um email de Serralves, onde propunham que fizesse voluntariado de novo na próxima Festa do Outono, no próximo dia 25. Mas ressalvavam que não se encarregam das despesas com a alimentação, muito menos com a deslocação.

Ora, tudo bem que somos voluntários, mas nas edições anteriores ofereciam, pelo menos o "almoço". Por muito pouco que fosse, sempre era uma ajuda. Mas desta vez, nem isso. Acho que isso é aproveitar-se do trabalho dos outros, ainda mais quando se está a falar de uma instituição como Serralves.

(Há cerca de um ou dois meses atrás solicitaram voluntários para fazer estudos de público. Teríamos de ir lá duas vezes por semana realizar um trabalho que, segundo eles, era de "grande responsabilidade". Ajuda de custo? Zero.)

Nenhum comentário: