quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Assim se percebe o quanto gostamos das pessoas

Na última semana, três dos meus grandes amigos conseguiram ficar num estágio profissional remunerado. E eu fiquei tão contente por eles, o que só prova o quanto gosto deles.

A M., acabadinha de sair do Mestrado em Educação Básica (Pré-Escolar ou como se diz), vai trabalhar, durante um ano, numa IPSS perto de casa.
A A., que esteve comigo em Itália e que, de momento, está a fazer o Mestrado em Lisboa, vai para uma Fundação na capital.
O N., que também foi meu colega de curso e que, de momento, está a fazer o Mestrado cá no Porto, vai para uma Fundação cá na cidade. Aliás, vai passar a ser pago, porque ele já lá está há um ano em regime de voluntariado.

Eu fiquei tão, mas tão feliz por eles. Como se fosse comigo, juro. Porque sei o que os três passaram durante o curso, e o que continuam a passar. Porque sei que hoje em dia não está fácil e conseguir um estágio profissional remunerado (mesmo sendo estágio, é óptimo!) é uma benção. Porque eles são persistentes e trabalhadores e merecem mais do que ninguém. Desejo-lhes toda a sorte do mundo!

Nenhum comentário: