sábado, 6 de agosto de 2011

Livros

No mês de Maio devo ter comprado uns 7 ou 8 livros. Apanhei várias promoções, várias feiras do livro, e pronto, toca a comprar. Desde miúda sempre preferi os livros aos cd's e aos dvd's (e, mais tarde, com a possibilidade de aceder a estes conteúdos online, tornou-se mais evidente a preferência pelos livros).

Regra geral, não vou muito por "livros da moda". Eventualmente, acabo por os ler, mas não compro logo que saem. 

Penso que o preço dos livros é um exagero em Portugal. Acho inconcebível que o Equador, do Miguel Sousa Tavares, em Itália custe 12€, com os custos de tradução e tudo. Aqui, provavelmente já deve estar mais barato, mas sempre o vi à volta dos 18/20€. E para quem vive da mesada que os pais dão, é muito dinheiro. Mas nem por isso deixo de comprar livros, adoro a sensação de ter um livro novo para ler :)
Os meus amigos vêm sempre cá a casa à "biblioteca", quando querem ler alguma coisa. Pena é a maior parte das pessoas se esquecer de devolver...

Outra curiosidade é que, se souber que vai ser adaptado algum filme ao cinema, corro a comprar o livro para o ler e só depois ver a adaptação. Às vezes os filmes saem das salas de cinema e em ainda não acabei o livro :) 
A título de exemplo, posso falar no Amor em Tempos de Cólera, Comer, Orar, Amar, todos os Harry Potter, Enquanto Estiveres Aí, alguns da saga Twilight (não são muito o meu género...), O Perfume, Orgulho e Preconceito, os do Nicholas Sparks, e por aí fora...

Tudo isto para dizer que devo ter, no mínimo, uns 10 livros em stand-bye para ler. De momento, estou com o "Jane Eyre".

2 comentários:

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Tenho de ler os dois: Equador e Jane Eyre!

Madrigal disse...

eu tb acho os preços incompreensiveis. Por exemplo livros que já estão no dominio público, logo as editoras não pagam direitos de autor para publica-los custam tanto como aqueles em que isso acontece.
Eu adoro a Jane Eyre, é um dos meus livros favoritos.