sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

2010

Chega o final do ano e eu, proprietária de um blogue, tenho a obrigação de fazer um balançozinho (não tenho obrigação, mas apetece-me):

Bem, 2010 deve ter sido o ano mais eufórico e feliz de toda a minha vida e, ao mesmo tempo, o mais nostálgico. Posso dividir o ano em primeiro e segundo semestre, uma vez que a minha vida mudou completamente de um semestre para o outro.

Então, vejamos as coisas que fiz em 2010: (tenho a certeza que esta lista vai continuar em actualização, no mínimo, até meio de Janeiro, que é a altura que vou deixar de me lembrar de coisas deste ano):

- Fiz Erasmus em Itália. Este foi, sem dúvida, o ponto alto de 2010. Itália era um país que queria conhecer, e ter a oportunidade de ir para lá estudar foi o melhor que me podia ter acontcido.

- Viajei muito muito muito. No espaço de 3 semanas, estive em Portugal, em Espanha, em Itália e na Eslovénia.

- Conheci Itália de lés-a-lés (vá, abaixo de Roma não fui). Conheci Ravenna, Lugo, Bologna, Veneza, Verona, Milão, Lago di Como, Siena, Pisa, Florença, Roma, Imola, Ferrara, San Marino, Catollica, Gradara. Veneza, Verona, Florença e Milão visitei duas vezes.

- Conheci a Eslovénia. Estive em Ljubljana e Bled (e não há muito mais para conhecer).

- Bebi, praticamente sozinha, quase um garrafa de vodka (Supermaaaann!!!) e fiquei completamente sóbria. Não percebo como, mas juro que aconteceu.

- Aprendi o que é calimocho (e que bom que é...:)

- Aprendi a cozinhar algo mais do que massa.

- Comi o melhor chocolate da minha vida.

- Comi a melhor pasta, a melhor pizza, o melhor capuccino, o melhor gelado de sempre.

- Conheci pessoas de todo o lado (assim de repente posso lembrar-me de brasileiros, gregos, espanhóis, belgas, franceses, checos, mexicanos, eslovenos, polacos, finlandeses, macedónios, sérvios, and so on).

- Engordei que me fartei (dizer que engordei 6 ou 7 quilos é pouco).

- Perdi os quilinhos a mais que ganhei em Itália (e mais alguns).

- Tive muito orgulho de dois primos: um entrou para a faculdade, após uns anos a dizer que não queria ir. E outro tornou-se jogador oficial do PokerStars ( o que para a família não é motivo de muito orgulho, alguém "viver do jogo", mas é o que ele gosta de fazer e é muito bom nisso (caso contrário não tinha integrado a equipa).

- Os anúncios do Pingo Doce despertam sentimentos em mim que nunca pensei possíveis (e não são bons).

- Comprei uma máquina de fazer pão e usei-a até à exaustão.

- Descobri que gosto de cozinhar (e até tenho muito jeito ahah).

- Tornei-me mais forreta. Ter de "governar" a casa em Itália, fez-me pensar de outra forma.

- Abandonei o blogue durante meses demais, mas nunca deixei de ler os vossos blogues, e isto é verdade :)

- Vi filmes e séries até dizer chega.

- Voltei a escrever no blogue.

- Usei muitoo o facebook (e apesar dos últimos posts, gosto do facebook, só não entendo é algumas atitudes de quem o usa também:))

- Tive muitas muitas saudades dos meus pais e dos meus amigos.

- Tive desilusões com mais do que uma pessoa que considerava amigo, que foram um murro no estômago, que nem vos digo.

- Acabei o curso.

- Não continuei os estudos.

- Fiquei sem saber o que fazer da vida.

- Fui a entrevistas de emprego/estágio.

- Ninguém quis os meus serviços.

- Comecei um curso de Espanhol (já vos disse que não gosto nada daquilo?).

- Estive 3 semanas no Algarve e já não podia com aquilo.

- O ponto alto dessas 3 semanas foi ter encontrado uns italianos e ter saído com eles nas noites seguintes, o que deu para praticar o meu italiano.

- Voltei a perceber, pela milésima vez, que os meus verdadeiros amigos são aqueles que me acompanham há mais de 15 anos. Os outros acabam sempre por me desiludir...

- Não tive espírito natalício. Nenhum, nunca vi tal coisa.

- Ao fim de 21 anos, foi a primeira vez que não recebi um pijama de prenda de Natal.

- Li muito, muito, muito.

- Passei 14 horas sozinha no aeroporto de Madrid, durante a noite.

- Viajei muitooo de avião. Para mim, 9 viagens, são muitas viagens eheh.

- Fiz milhares (sim, milhares) de km de comboio. Só na altura em que os meus pais estiveram em Itália, fiz, pelo menos, 2500 km, em 5 dias.

- Fiz muitos quilómetros a pé, de mochila às costas.

- Irritei-me muito com os meus pais, discuti muito com eles, sem eles terem culpa nenhuma.

- Vi o meu primo ir viver para a Suíça (a minha mãe ficou inconsolável, eu só penso que é mais um destino turístico :)).

- Fiz couchsurfing.

- Dormi no lugar mais sujo de sempre (resultado do ponto acima).

- Doei sangue apenas uma vez (geralmente dou três vezes por ano).

- Tornei-me dadora de medula óssea.

- Dei uma prenda a uma criança que não conhecia de lado nenhum, naquela iniciativa do "Exército de Salvação Nacional".

- Comprei prendas de Natal no próprio dia.

- Ainda não comprei todas as prendas de Natal.

- Voltei a Itália, na altura mais bonita do ano, no Natal.

- Vi os Xutos e Pontapés pela milésima vez na vida.

- Não fui a nenhum festival de Verão :(

- Chorei como um bebé no aeroporto de Milão.

- Assisti à celebração dos 25 anos de casados dos meus pais e pensei que é isto que quero para mim.

- Dormi na Pousada do Palácio do Freixo e gostei muito.

- Entrei em depressão Pós-Erasmus e só queria era voltar.

- Fiz um workshop de Comunicação Eficaz.

- Dei um tombo de bicicleta em Itália, que nem é bom lembrar.

- Um dos meus melhores amigos esqueceu-se do meu aniversário.
E por agora já chega, porque ninguém vai ler isto até ao fim!

Desejo-vos a todos um óptimo 2011, e todas aquelas coisas bonitas que se desejam nesta altura. E agora, vou até ali ao Gerês para entrar no novo ano, volto no Domingo :)

5 comentários:

∗ANA∗ disse...

Desejo-te UM EXCELENTE 2011!!!

Bjinhos

Kahkba disse...

"- Bebi, praticamente sozinha, quase um garrafa de vodka (Supermaaaann!!!) e fiquei completamente sóbria. Não percebo como, mas juro que aconteceu."- de certeza que não era água ? ;)

Diria que foi um ano em grande :)

margarida disse...

Eu li até ao fim!
A depressão pós-erasmus é a coisa mais natural do mundo, acho que nunca passa bem. Pelo menos no meu caso, fez-me ir trabalhar para a fronteira entre a Suécia e a Finlândia, Oulu ali tão perto..
Beijinhos e Bom Ano!

Miss disse...

O que é calimocho?!

Boas mini-férias :)

pintas* disse...

Espera!!!!!!!!!!! Bebeste uma garrafa de vodka sozinha e continuaste sóbria? Ahah!
Como isso é possível?

A mim pareceu-me um excelente ano!
E que este supere o anterior (parece difícil, mas espero que aconteça!)!