quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Questões Pertinentes #1


Colecção de Inverno da Carmen Steffans

A minha professora de Direito do Património e Urbanismo é, como é óbvio, advogada. Mas é daquelas advogadas que vemos nos filmes; sempre impecavelmente arranjada, unhas sempre em condições, roupa elegante e, facto curioso, sapatos giríssimos. Essa senhora é minha professora há cerca de dois anos. Nestes dois anos, nunca a vi repetir um par de sapatos. Ok, não tenho aulas com ela todos os dias, mas vejo-a uma média de 1/2 vezes por semana.
Mas passando, agora, ao mais importante. Hoje, quando saímos da sala de aula, a J. disse-lhe professora, adoro os seus botins! Mulher que é mulher gosta que lhes apreciem os investimentos, e esta não foi excepção. Ficou connosco a falar imenso tempo sobre os seus sapatos, malas, lojas preferidas,etc. Os botins em questão são os da fotografia (que, by the way, acho horríveis, mas pronto, a J. gostou). A professora lá disse que andou a namorá-los o Inverno todo, porque já se sabe, não se pode comprar tudo quando se quer, e até conseguiu resistir e esperar pelos saldos e trazê-los com 40% de desconto. Continuou a falar e perguntou se tínhamos reparado nos sapatos que trouxe na terça-feira (esses sim, eram giros). Disse-nos, como se tivesse o maior achado do mundo, que tinham custado uma pechincha. Imaginem, consegui comprá-los só por 80 euros. Bem, foi aqui que a coisa se complicou e deu asas à conversa que se segue.
Como estudantes universitárias que somos e dependentes da caridade dos pais, 80 euros não são, a não ser que se trate de uns Loubotin, uma pechincha. 
A J. dizia que só comprava roupa em lojas tipo Stradivarius, porque era mais barato e sempre encontrava coisas giras. Eu, falei na Blanco, que se torna uma loja super acessível nesta altura dos saldos e que vai fazendo promoções esporadicamente. A A., cuja mãe vive em Paris, disse que não gostava nada dessas lojas e que só gostava das roupas (caríssimas) que a mãe lhe envia de Paris e as calças que veste custam, no mínimo, 60 euros. Eu sou, das três, sem dúvida, a que tem mais roupa. A A., com esta mania da roupa cara, acaba por ter menos roupa. A questão é: é melhor ter pouca roupa, mas boa, ou mais barata e, consequentemente, mais variada?


P.S. Grande obrigada a toda a gente que me deu sugestões. Metade das coisas que disseram nunca me lembraria :)  

11 comentários:

Anônimo disse...

http://horas-perdidas.blogspot.com/2010/01/depois-de-ler-alguns-blogs-e-seus.html

Da uma olhadela, que post mais infeliz o desta mulher.

Beijinhos e adorei o blogue.

Saskia disse...

Querida anónima,

Obrigada por me avisares sobre esse post, mas eu não me identifico com nenhuma daquelas palavras, já que apenas coloco algumas imagens da Blair Waldorf no blogue. :)

Fico contente por teres gostado, regressa sempre :)

S. disse...

Eu tenho imensa roupa, quase atenção quase que compro uma peça todas as semanas nem que seja uma tshirt, basicamente e ultimamente só tenho comprado roupa na Zara e Mango algumas peçitas!Já comprei muitas coisas na pull mas a qualidade é mesmo baixa, as tshirts vão 1 x á máquina ficam logo todas lixadas e dps lá penso eu mas porque é q não compraste isto numa loja mais cara que durava mais tempo. Por isso fico sempre na dúvida se mais vale ter muita roupa de marcas baratas ou pouca de marcas caras! lol

Cecilia Tallis disse...

foste o meu primeiro comentário, obrigada :)
em relação ao post tendo em conta que sou estudante e o orçamento não é muito elevado, o meu lema é roupa mais barata e variada. Não há nada como uma Mango, H&M, Zara e a Zara lefties. Têm coisas girissímas e muitas inspiradas nos grandes designers e a preços acessiveis. Se bem k a Mango tem andado um bocado careira.

Beijinhos

zir disse...

muito obrigada pelo comentário. beijo *

Ni disse...

É assim, eu prefiro ter muita e não "tão boa". Mas no que diz respeito, por exemplo, a sapatilhas, gosto de gastar um pouco mais.

Adoro a Blanco. Comprei dois vestidinhos tão fofinhos lá ^^

**

pintas* disse...

Eu acho que mais vale apostar em pagar pouco e ter o armário cheio de roupa variada:)

Ju Fuzetto disse...

Lindo, lindo, lindo seu blog!!!

Um beijo

Ni disse...

Quando fiz a minha sugestão de coisas que tinhas de levar, eu disse VERNIZ! Aquele fica lindissimo, é um vermelho escuro! ^^

**

Bells disse...

Eu prefiro a qualidade à quantidade, mas sempre a preços acessiveis.

Beijinho

Adri disse...

Concordo contigo, mais barata e variada... mas claro que também temos de ter atenção à qualidade, compro muito em Stradivarius, Blanco e Bershka e até agora estou satisfeita, a forma como lavas as peças em casa também influi muito! beijo... Gosto de te ler!